A Beleza de Jesus Cristo

Em Cântico dos Cânticos ou Cantares de Salomão 5:16, lemos: "...ele é totalmente desejável"…. Isso não pode ser dito a respeito de nenhum outro a não ser de Jesus Cristo. Qualquer outra grandeza é corrompida por pequenez, qualquer outra sabedoria é afectada por tolice, qualquer outra bondade vem maculada por imperfeição.

Jesus Cristo é o único do qual se pode afirmar que nEle tudo é perfeitamente amável e belo.

A Sua beleza reside na Sua perfeita humanidade. Ele se identificou connosco em tudo, excepto no nosso pecado e com nossa má natureza. Ele teve de crescer fisicamente, como nós, mas também cresceu na graça. Ele trabalhou, chorou, orou e amou. Em todas as coisas Ele foi tentado como nós, mas permaneceu sem pecado.

Como Filho de Deus, Ele entra na nossa vida. Ele entra numa vida cheia de pecado assim como um rio limpo e de águas vivas lança as suas águas num lago parado e inquinado. O rio não teme a contaminação, é ele que purifica o lago com as suas águas vivas.

Jesus Cristo é extremamente amável. Ele, o único que poderia ter escolhido como nascer, entrou nesta vida como um de entre muitos e na Sua perfeita humildade Ele disse: "...no meio de vós, eu sou como quem serve" (Lucas 22:27b), Ele lavou e enxugou os pés aos discípulos (João 13:5). E também quando ultrajado, não revidava com ultraje (1 Pedro 2:23). Também possui perfeita mansidão. Jesus Cristo é meigo, fiel, altruísta e dedicado. Quando falou com a mulher calada e desesperada, depois dos seus acusadores se terem retirado, mostrou-se toda a Sua amável mansidão (João 8:10,11). Até na hora da Sua morte, Ele ouviu o clamor de uma fé em desespero (Lucas 23:42,43)

Finalmente, olhemos para o Seu perfeito equilíbrio. Ainda poderíamos falar muito sobre a Sua dignidade, a sua varonilidade e a sobre a Sua coragem. Nele unem-se traços de um carácter perfeito que formam um equilíbrio admirável. A Sua mansidão nunca é demasiado delicada e sua coragem jamais é bruta.

Jesus Cristo é absolutamente desejável.


Devemos aceita-lo com Salvador e Senhor e igualmente descobrir a Sua glória? Ele próprio disse: "Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna" (João 6:47).