Suportando-vos uns aos outros


Rogo-vos […] que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados […] suportando-vos uns aos outros em amor. —Efésios 4:1-2
 Leitura: Efésios 4:1-12

No livro God in the Dock (Deus no banco dos réus), o autor C. S. Lewis descreve o tipo de pessoa com quem temos dificuldade de conviver. Egoísmo, raiva, ciúme ou outras peculiaridades frequentemente sabotam os nossos relacionamentos. Às vezes pensamos: A vida seria muito mais fácil se não tivéssemos que lutar com pessoas tão difíceis.

Lewis, de seguida, vira o jogo contra nós, ao destacar que estas frustrações são o que Deus tem de suportar connosco todos os dias. Ele escreve: “Tu és exatamente este tipo de pessoa. Tu também tens um defeito mortal no seu caráter. Todos os planos e esperanças dos outros continuamente naufragam no teu caráter, da mesma forma que os teus planos e esperanças têm naufragado no caráter dos outros.” Esta consciência deveria motivar-nos a tentar mostrar a mesma paciência e aceitação que Deus demonstra para connosco diariamente.

No livro de Efésios, o apóstolo Paulo exorta-nos a que nos fortaleçamos nos relacionamentos “…com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” (4:2). Quem é paciente será capaz de lidar com uma pessoa difícil sem provocar ira e vingança. Em vez disso, ele ou ela será capaz de suportar melhor, demonstrando graça apesar do comportamento irritante.

Há pessoas difíceis na tua vida? Pede a Deus para demonstrar-lhes o Seu amor por teu intermédio.

— Dennis Fisher

(in Pão Diário)