JESUS CRISTO versus RELIGIÃO


E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. (Atos 4:12)
Em certas épocas do ano, deparamo-nos com muitas celebrações de carácter religioso. Achamos que o homem natural quer ser religioso. Ele, muitas vezes, faz muitas coisas piedosas na esperança de estar a realizar um ato de adoração e serviço ao Senhor. Mas Deus na Sua Palavra ensina-nos que a religião não é a salvação! A Bíblia ensina que podemos ser muito religiosos e ainda assim não entrar no céu.
O texto Bíblico diz-nos que não há salvação em nenhum outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus. O texto diz que não há nenhum outro nome dado debaixo do céu pelo qual possamos ser salvos. Ou somos salvos por Jesus Cristo, ou não somos salvos! Quão claro e conciso é o nosso texto! Não deve haver confusão nem contradição. Sim, há muitos nomes sob o céu que podemos encontrar na religião, mas a salvação pode ser encontrada em um só, e esse é o nome do Senhor Jesus Cristo.
Infelizmente, muitos, acham que há salvação em profetas, apóstolos, padres, pastores, ministros, líderes religiosos ou qualquer outro, mas somente em Jesus Cristo. Podemos vangloriar-nos nos edifícios da igreja, no grande número de membros, ser activos na obra religiosa, fazer caridade, mas todos estes são incapazes de produzir a vida eterna! As pessoas ficam muito satisfeitas por serem chamadas “cristãos”, mas recusam-se a aceitar nos seus corações o Senhorio do Cristo da Bíblia! Vejamos agora 12 diferenças inequívocas entre a religião feita pelo homem e a salvação dada por Deus -

1. Religião é a tentativa do homem para reformar a sua velha natureza pecaminosa.
A salvação é a obra de Deus para transformar a velha natureza pecaminosa do homem numa nova natureza (II Pedro 1:4).

2. A religião veste-nos com as vestes da nossa própria justiça (Isaías 64:6; Romanos 10:3).
A salvação veste-nos com a perfeita justiça de Deus que está em Cristo Jesus (II Coríntios 5:21; Filipenses 3:9).

3. Religião é, pertenças grandes coisas que o homem faz para Deus (Lucas 18:10-14).
A salvação é, grandes coisas que Deus tem feito para o homem (Salmos 126:3 cf. Marcos 5:19..

4. Religião é o oferecimento da obra imperfeita do homem para que Deus o aceite (ver Caim em Génesis 4)
Salvação é o oferecimento da obra perfeita de Deus para o homem que O aceitar (Salmos 111:2-3).

5. Religião depende do trabalho do homem.
A salvação depende da fé do homem (Romanos 4:5).

6. A religião diz que devemos fazer o nosso melhor.
A salvação diz que devemos receber o melhor de Deus (Romanos 6:23, João 1:12).

7. A religião confia na suficiência do homem.
A salvação depende da suficiência de Deus (II Coríntios. 3:5).

8. A religião confia num sacrifício, repetitivo sem fim, de um sacerdote terreno.
A salvação confia num completo e perfeito sacrifício feito uma vez por todas, , Sacerdote eterno, Jesus Cristo (Hebreus 10:10-12).

9. A religião está firmemente fundada sobre as tradições dos homens.
A salvação está firmemente baseada na Palavra do Senhor (Gálatas 1:13-14; Marcos 7:8-9).

10. A religião está frequentemente preocupada com o que agrada aos homens.
A salvação por meio da pregação do Evangelho agrada a Deus (I Coríntios 1:21 – I Tessalonicenses 2:4)..

11. A religião diz que devemos acreditar na igreja para ser salvo.
A salvação diz que nós devemos crer no Senhor Jesus Cristo para ser salvos (Atos 15:11 – 16:31).

12. A religião está deseja e espera salvar no futuro.
A salvação é conhecer e estar seguro de que você já está salvo no presente (Efésios 2:8 – Tito 3:5a).

Uma vez mais lembremos o  texto de Atos 4:12. RELIGIÃO ou salvação? Meu amigo, qual é a tua situação? Já tens a salvação, tens a promessa da vida eterna com Deus para sempre. Essa é a promessa muito clara de Deus em I João 5:11-13. Se só tens religião, vais perder o céu e passar a eternidade longe de Deus, num lugar de tormento chamado inferno! Caro amigo não podes escapar da condenação do inferno, se negligenciares a salvação de Deus. Deus nunca prometeu que estaríamos vivos amanhã. Ele só garantiu hoje que é o dia oportuno e a possibilidade de salvação!