Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2017

A história do Natal

Imagem
A história do Natal é muito mais do que um bebê numa manjedoura. O nascimento de Jesus foi anunciado por anjos e cumpriu várias profecias antigas sobre o salvador do mundo. O grande plano de Deus para nos salvar entrava assim em ação! E tudo começou com um bebê nascido numa família humilde em Belém…
Lembramos o que aconteceu:
A anunciação a Maria [Bíblia Para Todos - Lucas 1:26-38] 26Quando Isabel estava grávida de seis meses, Deus mandou o anjo Gabriel a Nazaré, na província da Galileia, 27para falar com uma virgem chamada Maria que estava noiva de José, descendente do rei David. 28O anjo aproximou-se dela e disse-lhe: «Eu te saúdo, ó escolhida de Deus. O Senhor está contigo.» 29Maria ficou perturbada com estas palavras e perguntava a si própria o que queria dizer aquela saudação. 30Então o anjo continuou: «Não tenhas medo, Maria, pois foste abençoada por Deus. 31Ficarás grávida e terás um filho, a quem vais pôr o nome de Jesus. 32Ele será grande e será chamado o Filho do Deus altíssimo. O Sen…

ORAI PELA PAZ EM JERUSALÉM

Imagem
SALMOS 126.6 "Orai pela paz de Jerusalém; prosperem aqueles que te amam."


O MAL NO MUNDO

Imagem
Porque é que Deus permite que o mal aconteça?
Muitas vezes e muitas pessoas têm colocado esta questão. Para começar, a Bíblia descreve Deus como sendo: Santo [Isaías 6:3] Justo [Salmo 7:11] Reto [Deuteronómio 32:4] E soberano [Daniel 4:17-25]

Estes atributos mostram-nos o seguinte sobre Deus: Primeiro, Deus é capaz de prevenir o mal. Segundo, Deus pretende eliminar o mal do mundo.

Então colocamos a questão de outra forma, se Deus tem o poder de prevenir o mal, e deseja fazê-lo, então por que não o faz? Uma forma de olhar-mos para este dilema, talvez seja analisarmos algumas formas alternativas de como as pessoas gostariam que Deus conduzisse ou governasse o mundo.
Uma forma seria Deus mudar a personalidade ou o carácter de todas as pessoas para que não pudessem cometer maldade. Mas isso também significaria que não teríamos o livre arbítrio. Não seríamos capazes de escolher entre o certo e o errado porque seríamos "programados" apenas para agir correctamente. Então se Deus…